00:00:00
10
ago

O Banco Central deverá tomar, já nos próximos meses, uma complexa decisão que poderá trazer mudanças significativas na forma de produção do meio circulante mais importante de uma economia. A escolha, que dependerá de aprovações técnicas e políticas, deve definir entre a continuação do uso do centenário papel como matéria-prima para a fabricação de cédulas ou passar a adotar as notas de polímero, popularmente conhecidas como "dinheiro de plástico", que prometem ser mais duráveis e gerar uma economia de milhões de dólares para o País.
10
ago

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta segunda-feira, em entrevista ao seu programa de rádio quinzenal, que o desemprego no país "tende a cair". Durante a campanha em 2002, Lula prometeu criar 10 milhões de novos postos de trabalho durante o mandato. "Há muito o que fazer ainda. Quando a economia começa a crescer, num primeiro momento as empresas ao invés de contratarem novos funcionários, elas preferem pagar hora extra, porque ela precisa ter garantia de que o crescimento da economia é sustentável.
10
ago

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva reuniu nesta segunda-feira pela manhã os seis ministros da articulação política de seu governo para discutir a permanência do ministro Aldo Rebelo (Coordenação Política), único não-petista no chamado "núcleo duro". Participaram do encontro José Dirceu (Casa Civil), Luiz Gushiken (Comunicação de Governo), Luiz Dulci (Secretaria Geral), Jaques Wagner (Conselho de Desenvolvimento), Antonio Palocci (Fazenda) e o próprio Aldo.
10
ago

O vice-presidente da República José Alencar disse que tem sido censurado por criticar as taxas de juros brasileiras. Segundo ele, a censura parte de todos que são contra a queda dos juros. "A Constituição de 88 acabou com a censura, exceto com a censura de bater nas taxas de juros. Esta censura existe e eu tenho sofrido e sido vítima dessa censura, até com a distorção do que eu falo", afirmou. O vice-presidente deu essa declaração durante um discurso na Associação Comercial do Rio de Janeiro. Além de criticar a questão dos juros, Alencar também falou mal da carga tributária brasileira.
10
ago

Brasília - Os jornais estão dando destaque para o novo livro do economista Joseph Stiglitz (foto), intitulado "Rumo a um novo paradigma em economia monetária". Nele, o prêmio Nobel de Economia faz séria advertência ao governo brasileiro: "- O FMI - Fundo Monetário Internacional, não é merecedor de tanta confiança quanto acredita a equipe econômica chefiada pelo ministro Antônio Palocci Filho (Fazenda)". A advertência cai em ouvidos moucos. A equipe econômica brasileira, chefiada na realidade por Henrique Meirelles, presidente do Banco Central, só cumpre determinações do FMI.
10
ago

Os estudantes da 4ª série da Fundação Bradesco, participantes do Programa Educacional de Resistência e Combate às Drogas- PROERD, recebem hoje (28.06.04) o certificado de conclusão do curso. O Proerd é um programa educacional, com caráter social preventivo, e tem por objetivo principal prevenir o uso de drogas e diminuir a violência, por crianças e adolescentes. O programa é desenvolvido pela Polícia Militar de Roraima em parceria com a Secretaria Estadual de Educação, e em três anos de atividade já formou mais de 9.000 crianças, com idade entre 9 e 12 anos.
10
ago

Brasília - Para cumprir a meta de pelo menos dobrar o número de prefeituras administradas por petistas, hoje perto de 200, o PT se prepara para iniciar em julho uma campanha de números grandiosos, voltada prioritariamente para as capitais e grandes cidades. A primeira campanha eleitoral do PT após a eleição de Lula já começa com vantagem financeira em relação aos outros partidos, pois tem orçamento fixo neste ano, fora as doações, de quase R$ 50 milhões.
10
ago

BRASÍLIA - Semana passada foram as festas de São João. Esta semana, as convenções municipais. Seja qual for o motivo, o diagnóstico já está feito: Nada de votações importantes no Congresso. Governistas já reconhecem ser praticamente impossível escapar das convocação extraordinária, que vai custar R$ 50 milhões aos cofres públicos.
10
ago

O Ministério da Agricultura informou hoje que não se pronunciará sobre as acusações da ex-servidora da pasta, Fabíula Rodrigues da Silva, de 18 anos. Fabíula diz ter sido forçada a fazer as fotos e alega ter sido alcoolizada e sofrido ameaça de demissão por parte de "altos funcionários públicos". Ela também alega que sofreu abuso sexual por parte de funcionários públicos de alto escalão.
10
ago

Nos primeiros cinco meses deste ano, os deputados federais consumiram cerca de R$ 10,5 milhões em combustíveis e lubrificantes. A despesa é bancada com verbas do caixa da União. O valor é praticamente o dobro do que foi gasto pelo governo federal com ambulâncias já entregues para prefeituras por meio do seu serviço de atendimento de urgência, o Samu: R$ 5,9 milhões.