00:00:00
TUDO É SÓ CONVENIÊNCIA
Aliança tem prazo de vencimento.

Tchau, Denarium!
Alguém precisa explicar para Antônio Denarium o que é conveniência política, coisa que ele não faz idéia do que seja. E não faz idéia porque é comum a todo governante ou político tido como empoderado, acreditar nas bajulações e mentiras que bajuladores pagos por eles, lhes dizem.

Mecias de Jesus por exemplo, se aliou a Denarium em 2018, e o fez, de cara, morder a língua ainda na campanha, quando dizia que seria o "novo" e que faria um "governo de renovação". Mecias, o Caso Gafanhotos do qual ele e sua família são acusados de formarem quadrilha, um político que passou por todos os últimos governos usufruindo deles, não era nada de "novo" ou de "renovação".

E hoje, o mesmo Mecias junto com Chico Rodrigues - que esculhachou Denarium na campanha -, e mais Telmário Mota, que há menos de um ano, lhe ofendeu de tudo quanto é imoralidade e até insinuou que ele "deve ter cheirado" cocaína pra fazer tanta besteira, estão com o governador apenas por mera conveniência.

Conveniência em pegarem suas emendas e jogarem no governo que poderão ver empresas capacitadas que eles admiram - no caso de Chico Rodrigues, a da sua família, coisa costumeira dele - tocando obras e serviços oriundos dessas emendas, e não as aplicando onde 70% da população vive, em Boa Vista, porque a prefeita é Teresa Surita aliada de Romero Jucá, dois alvos que os três senadores têm em suas respectivas miras.

Mas em 2022, com Denarium fazendo água igual o governo de dona Suely Campos fez, Mecias, que era aliado beneficiado dela, Chico Rodrigues que vai pra onde a maré estiver melhor, e Telmário Mota que a cada eleição está em um palanque diferente, vão dar uma banana pacovan da terra para Denarium. Quem fica em barco afundando?

E ainda mais, se por ventura, Mecias consiga eleger Marcos Jorge, o milagreiro será candidato ao governo já que estará no meio do mandato e contará com a PMBV de suporte político-eleitoral. Tchau, Denarium!

Do mesmo modo e forma, Telmário, vendo Jalser Renier eleger Otaci - presepeiro que colocou agora dois Ts pra imitar Ottomar -, vai estar aonde ele já está, no grupo de Jalser, e o apoiará ao governo e não quem anda "cheirando coisa errada" como ele afirmou, e fazendo o pior governo da história de Roraima.

Marcos Jorge prefeito, Mecias e o filho prodígio Jonatan, vão jogar suas emendas para a PMBV, e não mais para o governo, de olho em 2022. E tenha certeza, Denarium, pai e filho De Jesus, vão trabalhar junto aos outros senadores e deputados para fazerem o mesmo, já que a prefeitura não estará mais com Teresa.

Convenientemente, Denarium ainda é útil para operar as emendas dos três senadores. Útil para acatar indicações dos três para o governo. Útil para firmar contratos com empresas capacitadas que os três destinam recursos. Mas em 2022, com rejeição maior que de Suely Campos, a utilidade de Denarium estará vencida. A conveniência política será outra. Ou melhor, com outro governante igualmente bajulado. Tchau, Denarium!


COMENTÁRIOS