00:00:00
CROCODILAGEM
De acusado à vítima, Romero Jucá nunca teve qualquer responsabilidade com o atraso do linhão de Tucuruí.

Cada dia pior
Para um governo que tem como slogan "Roraima cada dia melhor", a greve dos enfermeiros por melhores salários e melhores condições de trabalho, é a prova cabal de que Roraima pode, sim, está melhor mas para os amigos empresários do governador que podem bancar planos de saúde top, viajar para tratamentos. Mas para o cidadão comum que precisa do HGR, onde até os enfermeiros reclamam da falta de condições, diga-se, remédios, medicamentos e material, a saúde de Roraima vai cada vez pior.


Ficou feio, Denarium
A reeleição de Régys Freitas da Reitoria da Universidade Estadual de Roraima (UERR) de forma esmagadora expôs a Antônio Denarium um vexame que ele poderia ter evitado se não ouvisse conselheiros como Sampaio das Diárias. Dos 384 votos válidos, Régis obteve 373 na mais clara e impactante resposta da UERR ao governador que trabalhou a queda do reitor reeleito para mais quatro anos.


Dose dupla
Quem, de certa forma, saiu por cima, também, da presepada do governo intervir na UERR, foi o presidente da Assembleia Legislativa, Jalsr Renier, que é alvo constante da fixação de Sampaio das Diárias, ao que parece, ainda inconformado por ter perdido eleição para presidência da Casa. Jalser mantém boa relação com  Régis Freitas, e juntos, promoveram derrota em dose dupla ao governador.


Marketing maniçoba
Nada é tão ruim que não possa piorar. O marketing maniçoba de Antônio Denarium decidiu agora enaltecê-lo porque ele tem pagado em dia o funcionalismo público, como se fosse mais que obrigação de um governante, isso porque o governo de dona Suely atrasou inúmeras vezes o pagamento. 


Pior que o de dona Suely
Se medir com o pior governo da história de Roraima só porque paga em dia o servidor, mas deixa que um índia de 16 anos morrer, depois de três meses necessitando ser operada, o governo não adquirir material para operá-la e nem liberar o Tratamento Fora do Domicílio-TFD, enquanto o governador e sua turma viajam todas as semanas para fora do estado, é ser pior do que foi dona Suely.


Conversa mequetrefe
Denarium é um completo beócio de pai e mãe em relação à marketing político. Por isso, acha que faz um negoção com propaganda como essa que o enaltece por pagar em dia o funcionalismo. Tapado pela conversa mequetrefe de assessores, não vê que o povo enxerga nisso apenas a sua obrigação. Como seria, também, sua obrigação ter feito algo para que aquele índia de 16 anos, não morresse por falta de cirurgia.


Rastaquera, fraco e não convincente
Parentes e aliados mais próximos do governador já perceberam o marketing rastaquera, fraco e não convincente dele. Marketing concentrado na quantidade de posts nas redes sociais mostrando Denarium em eventos que não melhoraram a saúde pública, não construíram uma escola, uma delegacia, uma ponte que seja. 


Enganado
Marketing como na fábula do "Rei está nú", que fala sobre a vaidade humana, onde quanto maior a vaidade, mais tolos nos tornamos. Um dia, um alfaiate malandro, disse que faria uma roupa para o rei que o distinguiria ainda mais das pessoas estúpidas. O malandro lhe apresentou um novo manto, que não era nada, mas o rei não querendo passar de estúpido, disse que adorou. E ficou ainda mais vaidoso quando ouviu do malandro que todos sentiriam inveja da sua roupa nova.


Vaidade é burrice
Um dia o rei decidiu andar para mostrar o seu novo manto. O povo o viu andar pelado, mas por medo, nada falaram. Foi quando uma criança gritou: "Olha, olha, o rei está nú!". Todos caíram na gargalhada, e o rei viu que a vaidade é prima irmã da burrice. 


O governo está nú
Achar que pagar em dia o funcionalismo o difencia pra melhor que dona Suely, mostra quanto Denarium e seu governo estão sem roupa.

Crocodilagem
Na crocodilagem, assessores de Telmário Mota rebateram o Podcast do Fontebrasil que trata sobre o "fator Jucá", postando nas redes sociais que Romero Jucá ficou 24 anos no Senado e não resolveu o problema da energia elétrica do estado, como se dependesse dele a construção do Linhão de Manaus a Boa Vista.


Havia outros
Primeiro, a licitação para essa obra ocorreu em 2011, ou seja, há oito anos atrás, e não há 24 anos. Segundo, de 2011 a 2014, havia no Senado também, Mozarildo Cavalcanti senador de dois mandatos, e Angela Portela que encerrou mandato em 2018. Tinha na Câmara dos Deputados, Jonatan de Jesus desde 2011, e Édio Lopes desde 2006, onde ambos foram presidentes da Comissão de Minas e Energia da Câmara, que trata sobre a questão energética do país.


Bravatas cascateiras
Terceiro, Angela era do PT que governou o país até 2016. Mozarildo era aliado do governo. Quarto, Telmário Mota assumiu em 2015, e três meses depois sujou Boa Vista inteira jogando panfletos em que ele creditava a si e à Dilma Roussef por "liberarem as obras do Linhão", em mais uma de suas bravatas cascateiras.


MPF impediu
Mas a verdade dos fatos é que até janeiro desse ano, nenhum parlamentar, nem a bancada teve culpa do Linhão não ter sido construído. Isso porque, em 2011 o Ministério Público Federal no Amazonas entrou com ação para impedir a obra porque a linha de transmissão passa na reserva Waimiri-Atroari. E a obra nunca aconteceu por causa disso. O novo prazo previsto para conclusão dela é 2021, já com o impasse jurídico resolvido, e decidido pelo governo de Jair Bolsonaro.

Vítima
Então, de único responsável pela não solução da questão energética de Roraima, Romero Jucá é na verdade a grande vítima porque nunca dependeu dele e nem da bancada a obra do Linhão, e sim, de se resolver a pendenga judicial que determinou em 2011 que nada fosse feito. Mas para seus adversários, era interessante apontá-lo como responsável, embora Romero tenha deixado em 2011 de ser líder de Dilma, e Roraima tinha no Senado, Mozarildo e Angela, e depois Telmário - que afirmou aquela cascata - e que está lá há cinco anos.


Tem que cobrar
Agora, sim, com tudo resolvido na esfera jurídica desde janeiro para se iniciar a construção do Linhão, o eleitor poderá cobrar com toda razão, empenho da bancada para que essa obra saia do papel. Aliás, já deveria está cobrando, porque um ano já se passou e Jucá não está lá pra, na crocodilagem, ser responsabilizado.


COMENTÁRIOS

A PHP Error was encountered

Severity: Core Warning

Message: PHP Startup: Unable to load dynamic library '/usr/lib/php/20151012/php_gd2.dll' - /usr/lib/php/20151012/php_gd2.dll: cannot open shared object file: No such file or directory

Filename: Unknown

Line Number: 0

Backtrace: